Murais de Lênio Braga são recuperados em Itapetinga…

Entre os anos de 1964 e 1967, por conta de suas preferências ideológicas e políticas, o artista Lênio Braga foi forçado a se refugiar no interior da Bahia. Aqui em Itapetinga, acolhido pelo então prefeito Juvino Oliveira, Lênio continuou a trabalhar.
 
Foi durante o “exílio” no interior do Estado que concluiu para a Capela do Menino Jesus, a nossa Igrejinha de Pedra, considerado seu mais importante conjunto de esculturas em pedra, metal e madeira.
 
Foi neste período, também, que Braga pintou sua última obra pública: os murais nas paredes do prédio que leva o nome do prefeito que o recebeu na cidade.
Durante muitos anos, os painéis sofreram com o descaso, a falta de cuidado e a degradação do tempo. Reconhecendo a importância histórica do artista e da sua obra, o empresário itapetinguense Jivago Queiroz, sócio da CEOQ – Centro Especializado Oftalmológico Queiroz – contratou o artista plástico, também itapetinguense, Roney George, para restaurar os painéis.

Consciente da importância social que pode ter para a cidade, Jivago investe na construção política, social e cultural do município no qual nasceu.

No próximo dia 08 de junho, às 19h, Lênio Braga será novamente reconhecido pela comunidade pelo grande artista que ele é. Sua obra será devolvida à população, completamente recuperada e dois novos murais irão compor uma homenagem mais do que justa ao artista inventivo e versátil que o mundo conheceu.
 
O evento contará com apresentações artísticas e com a presença valiosa de Marcelo Brasil, filho de Lênio Braga, que trará consigo sua filha, única neta do artista.

Deixe seu comentário