VACINA CONTRA A COVID-19 COMEÇA A SER DISTRIBUÍDA NO BRASIL NESTA SEGUNDA-FEIRA, DIZ PAZUELLO…

O Ministério da Saúde confirmou que iniciaria a distribuição de doses da vacina contra Covid-19 a partir das  7h  da manhã desta segunda-feira (18).  O anúncio foi feito pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em coletiva após reunião extraordinária da ANVISA que aprovou o uso emergencial das vacinas Coronavac e de Oxford no dia de ontem (17). 

A apreciação do uso emergencial e temporário das vacinas contra a Covid-19 Coronavac e de Oxford pela ANVISA terminou com cinco votos favoráveis. Os pedidos foram apresentados pelo Butantan e Fiocruz, respectivamente, para a análise do órgão. Os dois imunizantes foram aprovados com ressalvas sob condição de apresentarem dados e informações complementares e acompanhamento pós uso à Anvisa.

A reunião extraordinária foi iniciada às 10h e seguiu pela tarde deste domingo. Votaram favoravelmente, acompanhando a relatora, o presidente da ANVISA Antonio Barra, Cristiane Jourdan, Romison Mota e Alex Campos.

Durante a coletiva o ministro destacou que a vacinação no Brasil acontecerá de forma igualitária e simultânea, “sem deixar brasileiros para trás”.

VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 COMEÇA NA QUARTA-FEIRA, ANUNCIA PAZUELLO…

A vacinação contra a covid-19 começará na próxima quarta-feira (20), às 10h, em todo o país, para os grupos prioritários. O anúncio foi feito neste domingo (17), pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante coletiva no Rio de Janeiro.

Segundo o ministro, serão inicialmente 3 milhões de pessoas a serem vacinadas, com duas doses cada uma, totalizando 6 milhões de doses da CoronaVac, produzida pela empresa chinesa Sinovac e o Instituto Butantan. O uso emergencial da CORONAVAC foi aprovado ontem (17) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

O ministro abriu a coletiva se solidarizando com as famílias das vítimas e agradecendo aos profissionais de saúde na linha de frente da pandemia. O ministro afirmou que o importante é garantir a todos os estados as doses da vacina, em igualdade de condições, respeitando a questão da gravidade local.

“O Ministério da Saúde tem em mãos, neste instante, as vacinas, tanto do Butantan quanto da ASTRAZENECA (em parceria com a Fiocruz). E nós poderíamos, num ato simbólico, ou numa jogada de marketing, iniciar a primeira dose em uma pessoa. Mas em respeito a todos os governadores, prefeitos e todos os brasileiros, o Ministério da Saúde não fará isso”, frisou o ministro. Por Bahia Notícias

 

Compartilhe esse Post!

Sobre Sizinio

Natural de Itapetinga, Evangélico, Casado com Cris Sousa de Sá, Radialista / Locutor Noticiarista / Repórter Policial há 24 anos. Trabalhou na Rádio Fascinação durante 13 anos - como âncora do Programa NA BOCA DO POVO. Teve passagem nas Rádios Cidade FM e Jornal AM, foi Agente Público (Administrativo) da DT de Itapetinga (Delegacia Territorial) até 2016... Líder Comunitário, Presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública, presidiu a Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do estado da Bahia no Território Médio Sudoeste, presidiu por três anos a Coordenação Municipal de Defesa Civil de Itapetinga (COMDEC), foi membro do Conselho Penal da Comarca de Itapetinga, presidiu a Associação de Moradores da Nova Itapetinga (AMONI), foi por dois anos, Assessor de Comunicação da SIBI (Segunda Igreja Batista de Itapetinga - período 2017/2019) e é um dos Editores do Itapetinga na Mídia... Contato: Whatsapp (77) 98805-6791 E-mail: reportersizinio@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.